"VIVAcidade - o seu site de turismo e localização"                          "VIVAcidade - Sorocaba está bombando!"                          "VIVAcidade - você faz a diferença na cidade"                          "VIVAcidade - você conectado com a cidade"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
Sorocaba comemora aprovação do impeachment

 (*) Equipe VIVAcidade

Sorocaba - O município de Sorocaba vibrou muito com a aprovação histórica na Câmara dos Deputados do pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT).

Na pista de caminhada do bairro Campolim, um grande telão foi instalado a partir das 14h para que as pessoas pudessem acompanhar direto de Brasília o desenrolar da votação.

O resultado da sessão de domingo (17), que só foi encerrada à noite, teve 367 votos pelo prosseguimento do impeachment. Eram necessários 342 votos.

O relatório final do impeachment de Dilma Rousseff (PT) foi elaborado por uma Comissão Parlamentar na Câmara dos Deputados e fundamentado pelo texto dos juristas Janaína Paschoal, Hélio Pereira Bicudo e Miguel Reale Júnior.

As principais acusações contra Dilma Rousseff (PT) que estão no relatório a ser votado no Senado Federal são as "pedaladas fiscais" e a emissão de créditos suplementares sem a devida autorização do Congresso Nacional.

As duas ilicitudes produziram um gasto indevido de aproximadamente 54 bilhões de reais aos cofres públicos, às vésperas das eleições de 2014, enquadrando Dilma Rousseff (PT) nos crimes de responsabilidade fiscal, falsidade ideológica, improbidade administrativa, estelionato eleitoral e outros.

Portanto, de acordo com as provas do TCU (Tribunal de Contas da União) e de outros órgãos da administração federal, Dilma Rousseff (PT) cometeu crime durante o seu mandato e será punida com o impeachment, conforme as Leis do país.

Em Sorocaba, pelo menos mil pessoas estavam no local do telão no momento da aprovação do impeachment. Durante a tarde e a noite, houve uma espécie de rodízio de público já que a sessão de votação durou 9 horas seguidas.

Ao declararem o voto, alguns deputados favoráveis ao impeachment fizeram discursos contra os esquemas de corrupção do PT e contra uma quadrilha que se instalou no poder, enfatizando os vários crimes cometidos por Dilma Rousseff. A economia em crise com desemprego e inflação também foi lembrada.

Coube ao deputado Bruno Araújo do PSDB de Pernambuco dar o voto de número 342 e fazer com que o processo fosse aprovado para a alegria da esmagadora maioria dos brasileiros. Todos os deputados de Sorocaba e região também votaram pelo impeachment.

Após a aprovação do impeachment, era possível ouvir em diversos bairros de Sorocaba rojões, buzinaços e comemorações, o que fez lembrar uma final de Copa do Mundo com vitória da seleção brasileira ou um réveillon.

O pedido de impeachment segue agora para a análise do Senado Federal onde será formada a comissão especial do impeachment que juntará novas provas e depoimentos e formará um relatório oficial.

Após ser concluído, o relatório oficial da comissão segue para votação no Plenário do Senado Federal. Caso obtenha 41 votos favoráveis de senadores (maioria simples), Dilma Rousseff (PT) será afastada por até 180 dias. Enquanto ela aguarda o julgamento, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assume o comando do país.

Em seguida, em data a ser definida, Dilma Rousseff (PT) será julgada pelo presidente do STF no Plenário do Senado Federal. Nesta fase, para que ela perca o cargo de presidente, o impeachment tem que ser aprovado por 2/3 do número de senadores, ou seja, 54 senadores.

A votação pelo afastamento de Dilma Rousseff (PT) no Senado Federal deve ocorrer entre os dias 10 e 11 de maio ou antes. Já o julgamento será conduzido pelo presidente do STF (Superior Tribunal Federal) em conformidade com a Lei 1079/50. A tendência é de que os senadores, assim como fizeram os deputados, também votem a favor do impeachment, acatando as vozes das ruas.

Os organizadores das manifestações populares e democráticas através das redes sociais irão continuar a mobilizar a população e telões serão novamente instalados por todo o Brasil.

(*) Equipe VIVAcidade - 18.04.2016

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central