"VIVAcidade - o ponto de vista do cidadão"                          "Campanha contra a dengue: evite água parada, furando os pratos que ficam embaixo dos vasos de plantas e flores - VIVAcidade Serviços"                          "VIVAcidade - viva positivamente na cidade"                          "Só o VIVAcidade orienta o turista e o cidadão local através dos pontos de referência visual da cidade - Equipe VIVAcidade"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
19.10.2011. Que saudades do honesto Orlando Silva

 (*) Opinião

Sorocaba - A opinião abaixo é de Rosenwal Ferreira e foi publicada no Diário da Manhã (Goiânia) de 19.10.2011.

O cantor Orlando Silva, batizado pelo locutor Oduvaldo Cozzi como o "cantor das multidões", foi num Brasil bucólico repleto de vozes admiráveis, um dos mais importantes talentos da metade do século XX. Vozeirão de timbre perfeito que fazia chorar cantando sucessos como "Adeus" (Cinco letras que choram), "Capricho do Destino" e "Renúncia", foi um exemplo de dignidade, conservando até o fim da vida seu jeito simples e sua origem humilde. Mesmo no auge da fama, lembrava com carinho os tempos de office boy, sapateiro e trocador de ônibus. Que saudade dos bons tempos desse Orlando Silva.

A versão século XXI é de amargar. O nosso Orlando Silva, o ministro que explica bandalheiras como se estivesse acelerando no rally da lama. Até agora só deixou dúvidas. Não é de hoje que nos corredores de Brasília se fala nas estripulias do Partido Comunista e nas ONGs fantasmas. Ele não inventou nada, justiça seja feita, ao que consta apenas continuou alimentando o trenzinho da corrupção.

As ONGs da ladroagem explícita representam um bezerro insaciável. Somente em 2010 mamaram cerca de 10,3 milhões dos contribuintes brasileiros. Confirmando apenas uma gota no oceano de malandragens, a Controladoria Geral da União demanda que os apadrinhados da bandalheira devolvam 10 milhões aos cofres públicos. Mas como o crime compensa, duvido que vá cumprir essa decisão.

Disposto a não largar o osso, o ministro Orlando Silva se recusa a dizer "adeus". Ele apenas chora desculpas, acusa um complô da mídia e se esquece que foi um militante do PC do B, ainda por cima fardado, é quem fala de peito aberto que tem provas do esquema de fraudes. Até o momento o policial João Dias Ferreira não recuou em absolutamente nada. É claro que existe a presunção de inocência. Mas a cada dia a sujeira se acumula num mau cheiro de causar nojo.

Pode até ser que o "capricho do destino" seja um fogo que teima em queimar o PC do B. Mas intriga que os neopoderosos do partido se lambuzem tanto em problemas. Nos ares do cerrado, ainda está por explicar o imbróglio do "mutretama", episódio nebuloso em que se envolveu o secretário de Esportes e Turismo da prefeitura, Luiz Carlos Orro. Que coincidência o gosto que o PC do B tem por essa pasta. Eu hein!!

Segundo minhas fontes, tem gente se borrando com receio das fiscalizações chegarem na turma que age em Goiás. As ramificações são de uma sordidez ímpar. A cada dia se comprova que as alianças de Lula se forjaram num esgoto de causar espanto. Não vejo diferença nenhuma em casamentos insólitos, realizados por encomenda e jogo de interesses, nos conchavos políticos de Goiás.

O que faria o honesto e saudoso Orlando Silva? Certamente cantaria "Renúncia". Prefiro Roberto Carlos na versão "e que tudo mais vá para o inferno".

(*) Rosenwal Ferreira é jornalista e publicitário (e-mail: rosenwal@terra.com.br Twitter: @rosenwalf)

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central