"VIVAcidade - muito mais que um guia"                          "VIVAcidade - a gente curte a cidade o tempo todo"                          "VIVAcidade - a cidade é sua!"                          "VIVAcidade - não polui o meio ambiente"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
17.10.2011. Corrupção em Sorocaba desviou R$ 20 milhões

 (*) Equipe VIVAcidade

Sorocaba - O Ministério Público Estadual concluiu um inquérito de 33 mil páginas e 70 volumes sobre a fraude no Hospital Regional de Sorocaba e no Conjunto Hospitalar de Sorocaba - CHS denunciada em junho deste ano.

O documento foi encaminhado para a 3ª Vara Criminal de Sorocaba com o depoimento e o relato investigativo de 48 pessoas (entre médicos, funcionários e empresários) acusadas de formação de quadrilha, peculato e outros crimes.

Os promotores e os delegados de polícia que investigam o caso confirmaram a existência de duas modalidades de crime que eram praticadas pela quadrilha: o pagamento por plantões médicos em que os médicos não compareciam ao hospital e as fraudes em licitações.

No total, os prejuízos causados pela fraude aos cofres públicos do Estado de São Paulo chegaram a R$ 20 milhões.

De acordo com o MP, 4.430 plantões médicos deixaram de ser executados, o que representa 65.430 pessoas sem atendimento. Porém, o pagamento foi realizado aos médicos da quadrilha que embolsaram dois milhões de reais sem trabalhar.

No caso das licitações fraudulentas, o MP apurou que as empresas interessadas em prestar serviços ou fornecer material tinham que pagar propina de 20% ao diretor do hospital que já foi afastado do cargo. Também há indícios de superfaturamento, de licitações do tipo "carta marcada" e de notas fiscais frias.

Para garantir o ressarcimento ao erário público, os promotores já pediram o bloqueio dos bens dos envolvidos. As investigações continuam e o MP pretende ouvir mais 40 pessoas.

(*) Equipe VIVAcidade - 17.10.2011

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central