"VIVAcidade - veja com seus próprios olhos"                          "Aqui você tem notícias e textos sempre atualizados com a vida da cidade - Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - o melhor da tecnologia da informação e da comunicação"                          "Utilize os mapas interativos do Guia de Serviços, clique nas vias destes para ver os serviços que estas oferecem - Equipe VIVAcidade"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
28.09.2011. Debate sobre girafas em Sorocaba "esquenta"

 (*) Equipe VIVAcidade

Sorocaba - Após ter publicado a matéria "Sorocaba discute abrigo para girafas" no dia 26/09, o Site VIVAcidade recebeu um comentário via e-mail no dia 27/09 da leitora Luzia Pires. O comentário foi incorporado na mencionada matéria e também reproduzido logo abaixo, pois contribuiu para o debate da questão.

No entanto, o VIVAcidade achou por bem lançar outros pontos de vista sobre a questão, visando engrandecer o debate democrático sobre o tema, que encontra-se em aberto. Assim, os leitores que quiserem podem enviar opiniões para serem incorporadas neste espaço.

Comentário da leitora:

Venho discordar do texto sobre a criação de recintos para girafas no Zôo de Sorocaba. Acho que os zôos são, sim, uma forma cruel de se "proteger" uma espécie. Com certeza, a forma mais evoluída e compassiva de se fazer isso é criando ou contribuindo para a criação/manutenção de reservas e safáris e não condenando animais a passar sua vida na jaula para atender nosso prazer de vê-los, irritá-los e estressá-los. O fato dos zôos serem legais não significa que sejam éticos e saudáveis. Está passando da hora de revermos estas "tradições". Veja o exemplo da Catalunha que extinguiu, a partir do último dia 25, a tradicional e violenta tourada. Luzia Pires.

Resposta do VIVAcidade:

O debate é o melhor meio para se chegar ao consenso sobre determinado assunto.

Para que possamos arbitrar que o Zoológico de Sorocaba é legal, mas não é ético e saudável seria necessário conhecê-lo. Se partirmos do princípio exposto pela Sra. Luzia Pires teríamos que condenar todas as pessoas que têm um animal de estimação limitado a um quintal ou a um apartamento. É legal? É ético? É saudável? Somente a pessoa que tem a guarda de um animal pode responder por isso, pois, para alguns, não seria legal, nem ético e nem saudável.

Ainda teríamos que voltar pelo menos 5 mil anos ao passado para avaliar o domínio da raça humana na terra. Em 5 mil anos foram destruídas centenas de reservas e florestas e caçados e mortos indiscriminadamente milhares de animais.

Alguns extintos até bem recentemente como o dócil Dodô, o pequeno tigre da Tazmania, que de tigre não tinha nada, ou mesmo a exótica Quagga, que era meio zebra, meio cavalo. Muitas dessas extinções ocorreram pela ação do homem, mas outras por ações da própria natureza.

Queríamos nós, assim como a leitora Luzia, poder contemplar a natureza e os animais da forma mais rudimentar, mas isso não é possível em nossa cidade e em milhares de locais do planeta onde a espécie humana (ser social e sociável) precisa se agrupar para sobreviver.

É possível, como sugere a leitora, recriar animais em santuários e reservas, mas, infelizmente, em apenas alguns locais do planeta. Caso contrário, cidades inteiras teriam que ser destruídas ou grandes espaços urbanos teriam que ser desapropriados e dotados de estrutura específica para a criação de animais.

Sorocaba é uma das poucas cidades exemplares na questão ambiental e o Zoológico de Sorocaba é o carro chefe neste assunto. Biólogos, veterinários e dezenas de especialistas desenvolvem trabalhos importantíssimos para a preservação da natureza e dos animais silvestres.

Quem dera tivéssemos zoológicos como o de Sorocaba em regiões pobres da África, da Ásia e do Oriente Médio, onde a caça indiscriminada de animais acaba sendo o único meio de sustento para milhares de famílias.

Desde que o Zoológico de Sorocaba foi criado, dezenas de hipopótamos nasceram em cativeiro naquele recinto. E se não existisse o zoológico? Teriam nascido? E o que falar do nascimento recente noticiado pela imprensa nacional de duas araras azuis, animais da fauna brasileira que praticamente estão extintas devido, principalmente, a alta taxa de urbanização de áreas antes por elas ocupadas?

Como foi relatado anteriormente, o Zoológico de Sorocaba não retirará a espécie da natureza. Pelo contrário, receberá filhotes de outros zoológicos ou de reservas que reproduzem esses animais na África.

Agora, fica a pergunta: Para onde irá essa girafa filhote? Para a minha casa? Para a sua casa? Ou ficará superlotando e passando fome em alguma reserva da África?

É importante lembrar que é proibida a criação em nosso território de reservas de espécies de animais que não são da fauna e da flora brasileira, caso contrário, a procriação desses animais de maneira incorreta poderia acarretar na extinção de animais de nossa própria fauna.

Ao ler a matéria sobre a referida Ong, que colheu mais de 500 assinaturas em alguns dias, o autor desta matéria acessou o site da Cahon (www.institutocahon.org) e viu que a mesma fez em página principal simples a publicidade de uma campanha do "NÃO" sobre manter girafas em cativeiro ou mantê-las na África. Não existe na campanha a opção pelo "SIM".

Além disto, a mesma não argumentou do que se trata a campanha e muito menos debateu o assunto ou explicou sobre o que a referida Ong contribui efetivamente para a manutenção das girafas no planeta. Ou seja, utilizou-se da internet para uma campanha não democrática e direcionada.

Portanto, precisamos sim repensar nossos conceitos, mas acompanhando a evolução humana e as necessidades de sobrevida dos animais do planeta. Caso contrário, aí sim, atitudes isoladas podem comprometer ainda mais os animais, as plantas e, conseqüentemente, nossas vidas.

(*) Equipe VIVAcidade - 28.09.2011

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central