"VIVAcidade - à frente de seu tempo"                          "VIVAcidade - a cidade do jeito que você gosta"                          "Atenção Internauta: empresas como Serasa, Banco do Brasil e Receita Federal NÃO enviam emails com solicitações. Ao receber este tipo de email, delete-o imediatamente - VIVAcidade Serviços"                          "Atenção eleitor: vote apenas em candidatos com "Ficha Limpa""                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
02.09.2011. Vias que matam em Sorocaba

 (*) Nossa Opinião

Sorocaba - Veículos potentes, motoristas imprudentes e vias saturadas, mal planejadas, mal traçadas e mal fiscalizadas. Esta combinação resultou na morte de mais de três dezenas de pessoas nas avenidas e rodovias de Sorocaba somente este ano, número que supera os números de mortes por epidemias e latrocínios na cidade e na região no mesmo período.

Nas últimas três semanas, incluindo um acidente ocorrido na manhã de hoje na Rod. Dom Gabriel, em Itu, morreram vinte e uma pessoas e, desde o início do ano, outras seis mortes somente em ruas e avenidas de Sorocaba.

No último sábado, a jovem Carina (23 anos) e seu namorado de 25 anos foram mortos na Rod. Raposo Tavares. Segundo testemunhas, um carro freou bruscamente por causa de um radar mal localizado num trecho de declive e com pouca visibilidade ocasionada pelo sol da manhã. A conseqüência trágica desta freada foi um engavetamento que envolveu outros dois veículos, um carro e um caminhão que não conseguiram reduzir a velocidade a tempo.

Por não oferecer nenhuma possibilidade de escape, os ocupantes do Santana e o ocupante de uma moto, que vinham logo atrás, tiveram que parar na pista e aguardar a liberação da mesma. A parada destes veículos ocasionou um segundo acidente, desta vez trágico, no qual uma carreta carregada de madeiras não conseguiu frear a tempo. O impacto violento da carreta contra os dois veículos que estavam parados ocasionou ferimentos graves no motociclista, além da morte do motorista da carreta e do casal de namorados.

Na noite de ontem, outra tragédia anunciada: uma ambulância que transportava irregularmente oito pessoas perdeu o controle na mesma rodovia e bateu em uma árvore, ocasionando a morte de todos os ocupantes.

As "rodovias da morte" de Sorocaba são conhecidas: Raposo Tavares, João Leme dos Santos, Sorocaba-Iperó e Waldomiro Corrêa de Camargo.

Apesar dos constantes anúncios de melhorias, pouco foi feito em relação à segurança das mesmas. O bom e velho policial rodoviário foi substituído por radares instalados e gerenciados por empresas privadas com o aval dos poderes públicos para arrecadar a maior quantia de dinheiro possível.

Já nas avenidas, principalmente nos pontos críticos de velocidade, onde ocorrem os acidentes com vítimas fatais, praticamente não existe fiscalização, pois os polêmicos "amarelinhos" concentram-se em sua maioria nas áreas onde o trânsito congestionado oferece menos risco de morte, mas há mais facilidade para realizar multas, também com o objetivo de arrecadar para os cofres públicos.

Enquanto cidadãos pensam somente em si e as autoridades continuam negligentes sem oferecer meios modernos, confortáveis, seguros e baratos de transporte coletivo, a frota de veículos no Estado de São Paulo supera a marca de 22 milhões, ou seja, menos de duas pessoas por veículo.

(*) Equipe VIVAcidade - 02.09.2011

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central