"Divulgação na internet: a melhor maneira de fidelização de clientes - Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - escute a cidade"                          "Parabéns Sorocaba pelos 360 anos de vida - Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - muito mais que divulgação"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
19.05.2009. Sorocaba debateu a violência sexual

 (*) Assessoria de Comunicação

Em Sorocaba, o 2º Fórum Regional de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes reuniu mais de 300 pessoas na tarde desta segunda-feira (18), no auditório da Unip. O evento, que teve como tema "O contrário da indiferença", refletiu sobre uma saída para minimizar o problema da violência sexual que ainda é tratado como tabu dentro do ambiente familiar e dentro da própria sociedade.

O Fórum, organizado pelo Projeto de Apoio à Cidadania e à Infância (PACIN), teve como apoiadores a Secretaria Municipal de Saúde (SES), por meio do Programa de Vigilância de Violência e Acidentes (VIVA) e do Programa DST/Aids, o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), a ABTOS (Associação Brasileira de Prevenção e Tratamento das Ofensas Sexuais), a ONG Lua Nova e a Unip.

Durante o evento foram realizadas palestras com a participação de profissionais renomados. O professor da Faculdade de Medicina da UFMG, Dr. José Raimundo Lippi, com vasta experiência em saúde mental, falou sobre "O incesto e suas dimensões", observando o fenômeno em seus desdobramentos dentro do lar, dentro dos agressores e dentro das vítimas. Ele abordou a necessidade da punição ao pedófilo e a importância de um olhar atento do profissional sob as vítimas. "Muitas vezes a violência não deixa marcas físicas, mas psicológicas, que têm a ver com o tempo do abuso cometido e o grau de aproximação da criança com o agressor, por exemplo", explicou.

Outra participante foi a profª Drª Ione Aparecida Xavier, coordenadora da CPA da Unip de Sorocaba, que enfocou as "Perspectivas relacionais no pós-violência". Ela falou do trabalho do CPA e de experiências em consultório com vítimas de violência sexual. Como exemplo, citou o caso de um senhor de mais de 80 anos que sofre até hoje com a violência que passou enquanto criança.

O Fórum teve ainda duas mesas redondas. Uma debateu a participação das cidades atendidas pelo CHS, quando foram apresentados os dados estatísticos de políticas públicas relacionadas ao enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes, durante 2008 e 2009. Em seguida, o tema “A Rede de Enfrentamento de Sorocaba” foi abordado e apresentou os dados sobre o serviço no município, durante 2008 e 2009.

Números da violência sexual em Sorocaba

De acordo com o CHS, foram registrados 414 casos na cidade em 2008. Desses casos, 50% envolviam crianças menores de 12 anos e 83% eram mulheres. Além disso, foi constatado que 79% dos agressores eram conhecidos das vítimas e apenas 21% dos casos de violência sexual envolviam estranhos.

Já em 2009, até o momento, a SES, por meio do Programa VIVA, registrou 23 casos envolvendo violência sexual em crianças e em adolescentes menores de 18 anos. Desses casos, 19 foram cometidos por conhecidos das vítimas e 4 envolviam estranhos. Conforme a SES, a violência sexual contra criança e adolescentes é um fenômeno que deve ser prioridade na agenda de todos os setores. "É muito importante que as pessoas notifiquem os casos para, assim, reconhecermos o fenômeno e enfrentá-lo", ressalta Daniela Valentim dos Santos, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

(*) Prefeitura de Sorocaba

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central