"VIVAcidade - a sua cidade inteligente no século 21"                          "VIVAcidade - o site de quem quer saber"                          "Saiba quais são os bairros no entorno das vias principais da cidade através do Guia Visual >> Vias. Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - a gente sonha com a cidade"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
04.03.2009. Do verbo "Bicicletar"

 (*) Agência de Notícias

Foi Leonardo Da Vinci quem, há muito tempo, começou a estudar um sistema de transmissão por corrente - mecanismo físico principal que aciona as atuais e modernas bicicletas. Mas é no dia-a-dia do século XXI que elas - as bicicletas - procuram ciclistas profissionais, amadores ou simplesmente apaixonados, para devolver ao verbo ‘transitar’ a graça do neologismo ‘bicicletar’.

As bicicletas começam a ser cada vez mais vistas no cotidiano dos grandes centros urbanos. Ganham apelidos carinhosos: “magrela”, “bike”. De quebra se tormam um meio de expressão: desde o adesivo do time do coração - colado no quadro - até a bandeira “um carro a menos”, pendurada no guidão.

Mas, no caos urbano, ganhar espaço entre carros, ônibus e pedestres é, sem dúvida, tão prazeroso quanto desafiador: a infraestrutura para o uso da bicicleta como meio de transporte ainda é precária. Ainda assim, vantagens também não faltam: prevenir problemas de saúde, preservar o ambiente, manter o bem-estar e a qualidade de vida e, de quebra, não estressar no trânsito.

Na última sexta-feira (27/02), o Mercado Ético foi até a Praça do Ciclista (SP), que completou três anos de existência. Para não deixar a data passar em branco, um grupo de ciclistas também estava lá, ‘bicicletando’ a data pelas ruas da cidade.

Bicicleta, com muito prazer

As bicicletas levam qualquer um que se disponha a pedalar para chegar de um ponto a outro. Muitas vezes levam a família inteira, que usam a “magrela” como meio de transporte. E lá vão advogados, atores, funcionários públicos, jornalistas pelas ruas e avenidas da cidade.

Segundo dados da Abraciclo (Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), o Brasil foi, em 2007, o 5º maior mercado consumidor de bicicletas do mundo, e possuía nesse mesmo ano uma frota de 65 milhões de bicicletas nas ruas. Se o consumo cresceu, a produção também. Atualmente, o país é o 3º maior fabricante de bicicletas do mundo, com 5,5 milhões de unidades produzidas, atrás apenas da China e da Índia.

Bruno Conrado é um dos exemplos que refletem os dados acima. Para ele, ‘bicicletar’ é coisa séria. Desde que se mudou para a capital paulista, ele usa a bicicleta como principal meio de transporte. Conrado acredita que a conscientização de todos sobre o respeito às leis de trânsito é o que possibilitará mais segurança a ciclistas, pedestres e motoristas. “A bicicleta como meio de transporte tem inúmeras vantagens, tanto sociais quanto ambientais, mas para começar a integrar o ambiente urbano qualquer um precisa respeitar às leis de trânsito”, diz.

Cidades e ciclistas

Pedalar pode servir para vivenciar a cidade com outros olhos. Para Felipe Santana, arquiteto de 23 anos, a bicicleta serve para debater a democratização do espaço das cidades. “O carro individualizou a sociedade, que se reflete nas estruturas das cidades”, comenta.

Para ele, “bicicletar” trata-se de uma reflexão sobre os problemas causados pela interferência marcante de automóveis na arquitetura e no urbanismo das cidades. “Com a individualização da sociedade, as relações humanas ficam em segundo plano e isso é péssimo, não se pratica cidadania”, reforça Santana.

O sexo das bicicletas

Arianny Portela, é atriz (e ciclista). Ela mora no Morumbi, zona Sul de São Paulo e segue sempre e “sem problemas”, como ela mesma afirma, para as avenidas Paulista e Faria Lima, onde trabalha. Como nem sempre tem tempo para a academia, Arianny ainda aposta no exercício físico que “bicicletar” proporciona.

Sobre a questão do preconceito no trânsito Arianny é categórica, “na hora que se está na rua, não importa o sexo.” Para ela, importante é respeitar as leis de trânsito. “Homens e mulheres são condutores, motoristas e pedestres, não homens ou mulheres”, afirma.

Para saber mais:

Movimento Bicicletada: um carro a menos
http://www.bicicletada.org
Abraciclo - Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares
http://www.abraciclo.com.br

Por Leticia Freire.

(*) Mercado Ético

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central