"VIVAcidade - apoiando as pessoas que transformam a cidade"                          "VIVAcidade - muito mais que eventos"                          "VIVAcidade - você tem a cidade"                          "VIVAcidade - todo o dinamismo da sua cidade na Internet"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
13.09.2008. Venda de notebooks deve crescer 185%

 (*) Agência de Notícias

A preferência do mercado pela mobilidade, além dos valores mais em conta, vem fazendo com que as vendas de notebooks cresçam acima do esperado. A Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) projeta que as vendas destes computadores devem aumentar 185% no ano, atingindo cerca de 5,5 milhões de unidades.

A venda de desktops, entretanto, deve cair 6%, segundo a previsão, fechando o ano com aproximadamente 7,5 milhões de unidades. O aumento nas vendas de notebooks contribuíram para que a Abinee revisse sua projeção para o mercado de computadores.

O presidente da Abinee, Humberto Barbato, acredita que em 2009 as vendas de notebooks devam superar as dos desktops, tanto pela questão da mobilidade, quanto pelos programas do governo, que priorizam os notebooks.

Queda dos preços

Pesquisa realizada pela GfK Indicator mostra uma queda de 29% no valor dos computadores portáteis, entre junho de 2007 e junho de 2008.

Considerando os desktops, a pesquisa aponta que também houve redução nos preços. Entre junho de 2007 e junho de 2008 houve redução de 26%.

Crescimento acelerado

Para a Abinee, o Brasil deve chegar a 13 milhões de unidades vendidas em 2008. Esse resultado, que significa um aumento de 30% em relação a 2007, supera a expectativa inicial de 11,7 milhões, conforme previsão feita no início do ano.

A pesquisa aponta que, no segundo trimestre de 2008, o mercado movimentou 3,17 milhões de unidades de PCs. Isto representou um crescimento de 36% sobre o mesmo período do ano passado.

O mercado de notebooks alcançou 1,09 milhões de unidades, um crescimento de 200% em relação ao segundo trimestre de 2007, muito acima do que a indústria estava prevendo. O segmento doméstico respondeu por 64% das vendas de notebooks nesse período.

As vendas de desktops atingiram 2,07 milhões de unidades, o que representa um crescimento de apenas 5% em relação ao mesmo período do ano passado, reforçando a tendência de migração das pessoas físicas e das microempresas para o notebook. O mercado corporativo respondeu por 54% dos desktops comercializados.

Mercado ilegal

Segundo a pesquisa da Abinee, no segundo trimestre de 2008, o mercado ilegal de desktops chegou a 35%, um crescimento de dois pontos percentuais em relação ao primeiro trimestre.

O estudo da Associação revela que isso ocorreu devido à preferência de muitas micro, pequenas e médias empresas por comprar seus computadores em revendas que montam desktops sem PPB (Processo Produtivo Básico) previsto por lei do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Por outro lado, a ilegalidade no mercado dos notebooks caiu de 34% no primeiro trimestre para 31,5% no segundo. Os notebooks de preços abaixo de R$ 2.000 têm participação ainda menor no mercado ilegal.

Nos 31,5% de notebooks ilegais não estão computados os equipamentos remanufaturados. "É necessário que o consumidor tenha muito cuidado na hora de efetuar uma compra, pois poderá adquirir um notebook usado", diz Barbato. Segundo ele, estes produtos não possuem garantia de assistência técnica e suporte dos fabricantes instalados legalmente no País.

(*) InfoMoney - 07.08.08

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central