"Para encontrar os serviços próximos aos pontos turísticos ou de referência, clique ao lado da foto no box "Guia de Serviços" - Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - muito mais que comércio e serviços nas regiões da cidade"                          "VIVAcidade - o seu mundo é a cidade"                          "VIVAcidade - de portas abertas para o mundo"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
10.09.2008. Sorocaba mantém esquema eleitoral

 (*) Nossa Opinião

Esquema bastante comum no meio eleitoral brasileiro é o financiamento de campanha. Em Sorocaba, praticamente todos os partidos gozam desta prática. Na realidade, ninguém fica sabendo quem está ajudando o candidato com volumosas colaborações financeiras.

Em plena época do discurso da transparência dos processos públicos, os partidos escondem tudo de todo mundo. Por que será que em Sorocaba tudo é tão escondido? Isso faz lembrar a época da ditadura em que ninguém podia saber de nada. Aliás, neste caso, nem precisamos nos surpreender tanto já que esconder é uma característica tanto da ditadura militar quanto dos partidos políticos ou dos políticos.

O caso dos grampos telefônicos que estamos acompanhando em Brasília, ou a grampolândia, como disse um dos grampeados, revela a obscuridade na qual vive o Brasil.

Por outro lado, os partidos políticos, como instituições públicas, têm a obrigação moral e legal de mostrar quem os está financiando. Sugere-se aqui a existência de mais uma lista pública, constando: os partidos, os candidatos, os seus financiadores (Pessoas Físicas e Jurídicas) e os valores monetários.

O esquema dos financiamentos de campanhas eleitorais é simples de entender: os financiadores da campanha, quer dizer, aqueles que injetam dinheiro para o candidato fazer a campanha, mais tarde, vão até o gabinete do prefeito vencedor do pleito para cobrar favores. Outros chegam a ganhar licitações para execução de obras públicas, gerando um outro esquema. Outros ainda ganham cargos de alto escalão como secretarias. Ou seja, compra-se o poder através do financiamento prévio do mesmo. Alguns secretários de governo até pagam uma taxa de campanha para permanecerem no mandato seguinte nas secretarias que ocupam.

A eleição, para os financiadores, é como se fosse uma bolsa de valores: aposta-se mais naquele que irá vencer. O prêmio, muito melhor e maior que os juros da bolsa, vem em forma de favores rentáveis que o prefeito presta aos mesmos, desde que vença o pleito. A partir da compreensão de mais este esquema, podemos entender porque a prefeitura muitas vezes nada faz aos que não contribuem financeiramente para a campanha eleitoral que a mantém através da eleição dita “democrática”.

Quer dizer que o cidadão precisa pagar uma contribuição antes da eleição para que depois a prefeitura possa atender as suas vontades? E quem não tem dinheiro para ajudar na campanha do partido? Na verdade, o esquema é válido para grandes quantias em dinheiro. No regime capitalista, financiar campanha não é para qualquer um. O pior é que até os partidos que se dizem comunistas e socialistas aderiram a esta idéia capitalista.

Com esta postura, a prefeitura fica de “rabo preso” com o financiador que irá cobrá-lo mais tarde para que o beneficie de alguma forma. É por isso que muitas vezes ficamos sabendo pela imprensa partidária de Sorocaba que pessoas que nunca ouvimos falar estão ocupando secretarias ou até se lançando como vice-prefeitos, etc. São pessoas que compram o poder através do capital que engorda a conta bancária dos partidos. Por isso, quando surgirem pessoas no poder que você nunca ouviu falar, pergunte-se sempre: “Quem é a pessoa?”, “Por que a pessoa está lá?”, “Que critérios foram utilizados para que a pessoa fosse escolhida?”, “Quem escolheu a pessoa?”, “O critério de escolha da pessoa foi democrático?”, “Os cidadãos participaram da escolha da pessoa?”.

Enquanto tivermos esta falta de transparência dentro dos partidos políticos de Sorocaba, os cidadãos que gostam de participar e debater questões para a melhoria da cidade estarão sempre vivendo num clima de “terrorismo psicológico” em que todos têm que aceitar o que o partido e o governo decidem por conta própria e ponto final.

A transparência e a democracia de um governo deve nascer em seu partido político. Se um partido político não é nem transparente e nem democrático, o que dizer do governo que o mesmo assume e controla a cada quatro anos?

(*) Equipe VIVAcidade - 10.09.2008

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central