"VIVAcidade - a cidade viva além da tela"                          "VIVAcidade - a vida conectada a você"                          "VIVAcidade - o melhor da cidade num único site"                          "VIVAcidade - mais inteligência na Internet"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
07.07.2008. Especialista defende pedágio urbano em SP

 (*) Agência de Notícias

Pedágio urbano e ampliação urgente da malha metroviária. Estas foram as propostas defendidas pelo arquiteto e planejador urbano Candido Malta Campos Filho para solucionar a questão da mobilidade na cidade de São Paulo (SP) durante debate promovido no lançamento do Conselho de Desenvolvimento das Cidades.

O evento aconteceu na última quinta-feira (26), na sede da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio), na cidade de São Paulo (SP). A ocasião reuniu arquitetos, urbanistas, planejadores, professores, artistas, especialistas e empresários preocupados com o futuro da metrópole. O objetivo do Conselho é promover a discussão de soluções viáveis para os problemas que a cidade enfrenta.

Focando em alternativas para desafogar o sistema de circulação de São Paulo, Malta alertou para o caos e o colapso iminente que a cidade vive. “As cidades brasileiras atualmente passam por uma grande crise de mobilidade, em especial, São Paulo. Isso pode por em risco todas as atividades econômicas, políticas e sociais”, disse.

“É preciso medidas urgentes. Não adianta aumentar as vias de circulação, pois elas só adiam o problema. Só esse ano, dados revelam que circulam pelas ruas de São Paulo 40% mais carros do que o ano passado. De um jeito ou de outro, sabemos que o automóvel é subsidiado pelo governo. O preço do diesel aumenta, a gasolina e o álcool se mantêm. O que explica isso? O automóvel virou um bem de consumo de toda a população. Você compra o carro e pode financiá-lo em até cinco anos”, explicou.

Como saída para o fluxo da cidade, o urbanista defendeu o pedágio urbano, pois “a solução tem que correr mais depressa que o problema”. “A curto prazo, o pedágio seria a solução mais viável, pois inibiria o uso do automóvel, incentivando o uso do transporte público. O que de certa forma, cessaria um pouco essa batalha campal”.

Malta também explica que o pedágio urbano já existe em outras cidades. “O pedágio é uma taxa paga para automóveis que desejam passar pelo centro expandido da cidade, um valor cobrado para desafogar essas áreas e seu entorno”.

O preço do pedágio seria de aproximadamente R$4 e essa arrecadação garantiria a construção de uma linha de metrô de 16 km por ano, outra solução vista com sucesso para a cidade. “Paris tem uma estação de metrô a cada 500 metros. Precisamos ampliar nossa malha e nossa frota para diminuir a espera entre um trem e outro. Com o pedágio urbano seríamos capazes de realizar em 10 anos 160 km de linhas metroviárias”, explicou.

Para o urbanista, o surto de desenvolvimento, a oferta de trabalho centralizada em pequenas áreas e aumento excessivo da frota automobilística foram os principais agentes da crise de mobilidade na cidade.

Segundo Malta, diariamente muitos paulistanos andam mais de 20 km para trabalhar. Por exemplo, quem mora na zona leste e trabalha no centro ou zona oeste, onde existe a maior oferta de trabalho, atravessa a cidade. “Já virou costume. É uma pré-condição para quem mora em São Paulo sair de casa com bastante antecedência para chegar a tempo em seus compromissos”.

Por Vivian Lobato.

(*) Aprendiz - 03.07.2008

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central