"Usuário, para facilitar a busca por serviços na cidade de Sorocaba, oriente-se pelo Guia Visual, pontos de referência próximos aos serviços - Equipe VIVAcidade"                          "VIVAcidade - muito mais que pesquisas"                          "VIVAcidade informa: evite aborrecimentos, respeite as regras de trânsito"                          "Informe-se sobre a localização dos bairros de Sorocaba através do Guia Visual >> Bairros - Equipe VIVAcidade"                          
» Ver outros textos sobre a cidade Ajuda ? 
Pesquisar no VIVAcidade
 
Clique aqui para ver mais uma imagem de Sorocaba >>>>>
 
 
Hospedagem em Sorocaba
 

Página Inicial

GUIA VISUAL DA CIDADE

 

» Regiões
» Vias
» Pontos
» Pontos wi-fi
» Bairros
» Radares
» Mapas
» Google Mapas
» Vídeos

GUIA COMÉRCIO SERVIÇOS

 

» Públicos
» Particulares
» 3º Setor
» Mapas

CLASSIFICADOS

 

» Imóveis

SOBRE A CIDADE

 

» Textos e Notícias
» Agenda de Eventos
» Fórum de Debates
» Cinema
» Áudios-Vídeos
» Livros
» Telefones Úteis
» Estatísticas
» Desenvolvimento
» Invista na Cidade
» Dados Históricos
» Região Administrativa
» In English

OUTRAS FERRAMENTAS

 

» Notícias 24 horas
» Rádio on line
» Busca no Site
» Busca CEP
» Dólar e Economia
» Previsão do Tempo
» Calendário

VIVACIDADE SITE-EMPRESA
 

» Quem Somos
» Propósitos
» Conceitos
» Perguntas - Usuários
» Perguntas - Anunciantes
» Fale Conosco
» Orkut
» Twitter
» Facebook
» Linkedin
» YouTube
» Depto. Comercial
» Depto. Jurídico

 
Campanhas de Cidadania
Comitê da Ficha Limpa em Sorocaba
 
Campanha Ficha Limpa
 
Consulte antes de votar
 
 
Saiba Mais
 
Abaixo Assinado Eletrônico

 

OAB-SP - Abaixo Assinado Eletrônico
 
23.02.2008. Holocausto Moral em Sorocaba

 (*) Cidadã de Sorocaba

Referente ao texto da Sra. Daniela Mestre, presidente da Fundação Alexandra Schlumberger (FAS), publicado neste site em 19.02, gostaria de colocar alguns pontos:

Primeiramente, ONG que é ONG não aceita verba pública, pois o próprio nome já diz: Organização Não Governamental. A FAS tem parceria com a Prefeitura com o Centro de Controle de Zoonoses de Sorocaba, o que torna ilegítimo esse termo para a referida "instituição".

Pior do que existirem ONG's que não são legalmente constituídas (com CNPJ, etc), é ainda existir ONG legalmente regularizada, porém, agindo na "ilegalidade" e na "ilegitimidade".

A FAS diz abertamente, ser contra abrigo para animais abandonados, os considerando como "depósitos". Porém se não fossem pelos abrigos, o que seriam desses animais, se a Zoonoses não arca com a responsabilidade? Não é novidade para ninguém, os horrores e atrocidades que são dispensados aos animais nos canis públicos (CCZ) do país. Também não deixa de ser decepcionante uma instituição que se diz de "proteção animal", achar que o CCZ oferece boas condições para os animais.

A presidente da FAS, em seu texto, se mostrou muito preocupada com a transparência da ONG CAPA na questão de prestação de contas, inclusive questionando o meio de vida do Sr. Marcos Aurélio de Moura. Pelo pouco que conheço o Marcos sei que ele é humilde, não tem carro, vive sem luxo algum. A ONG dele não arrecada dinheiro com castração de animais, como é o caso da FAS, não recebe apoio da Prefeitura e CCZ, como é o caso da FAS, não aparece na mídia contando seus "feitos", como é o caso da FAS. A maioria das pessoas que conhecem o trabalho do CAPA é através do boca a boca, e não pela TV da elite brasileira, jornais impressos e hipermercados que ajudam na promoção de feirinhas de doação de animais.

O Sr. Marcos não tem influências políticas, amigos juízes, ou qualquer tipo de "proteção". Então fica evidente que o Sr. Marcos e as pessoas que ajudam no trabalho da ONG CAPA, não se enquadram no perfil descrito pela senhora da FAS, dizendo que as pessoas que ajudam essa ONG o fazem puramente em "prol da vaidade". Pelo que sei, esta instituição que acusa o CAPA por maus tratos, em momento algum ofereceu apoio para os animais que estavam no abrigo na rua Comendador Oeterer, mesmo possuindo uma clínica veterinária em sua sede, porém apareceu apenas no momento que a mídia estava no local.

Aproveitando a questão da transparência, gostaria de perguntar a respeito da prestação de contas da FAS, visto que é uma "ONG declarada de Utilidade Pública".

A FAS diz promover o bem estar animal, mas então, por que no passado ela moveu a ação de despejo contra a Sra. Dirma Leite, da chácara onde vivia com mais de 100 animais (que a falecida Alexandra Schlumberger deixou)? O que foi feito com essa chácara? Por que quando a mídia e os cidadãos comuns e contribuintes perguntam sobre o assunto esta "instituição" insiste em não se pronunciar a respeito?

Realmente, as perguntas são muitas e as respostas são poucas!

Infelizmente vivemos num país onde quem tenta ajudar e fazer um trabalho que deveria ser obrigação da administração pública, acaba sendo visto como uma ameaça ou um criminoso. Quantos de nós, protetores de animais, já não receberam ameaças anônimas?

E agora, quem irá arcar com a responsabilidade de cuidar dos 91 animais do abrigo que estavam em tratamento? Certamente a Zoonoses não se dará ao trabalho, e achará mais fácil e cômodo sacrificá-los. Nossa sociedade é mesquinha e previsível, e as pessoas que insistem em denunciar os verdadeiros protetores dos animais beiram a imoralidade!

(*) Ana Paula Rached é protetora independente de animais.

Aviso do VIVAcidade:

O site VIVAcidade abriu este espaço, afirmando a sua vocação democrática para o debate dos problemas da cidade. Assim sendo, interessados sobre o caso acima podem a qualquer tempo enviar ao site a sua manifestação. Equipe VIVAcidade.

VIVAcidade - Copyright © 2004-2016 - Todos os direitos reservados | Aviso Legal
VIVACIDADE INTERNET E COMUNICAÇÃO LTDA.
Fale com o VIVAcidade: Clique Aqui

 

 

VIVAcidade Sorocaba
Tipo: Comunicação
Região: Além Linha-Trujillo
Local: Rua Ângelo Elias, 689
Ver mais no Guia VC

Leia Mais
Saiba Mais
Fórum de Debates
 
sociais.com
Conheça Votorantim

Galeria de Mapas
Comércio e Serviços
Rodovias de Acesso
Ruas e Avenidas
Regiões da Cidade
Região Central